segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Porta Chave porta cartas

Porta chave e porta correspondencias. feita em MDF com técnica provençal, decoupage

Porta Garrafa

PORTA GARRAFA DE MDF COM A TÉCNICA DE CREAQUELÊ.FICOU LINDO. kkkkk. GOSTO MUITO DESSA TÉCNICA.


Porta guardanapo

MAIS PORTA GUARDANAPO OU PORTA TOALHA.


segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Porta guardanapo





Porta guardanapo, toalha e outras coissas mais feito de corda de nylon , cola quente, argola e fuxico.





quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Espelho azul


Espelho azul feito com a tecnica de texturização e enfeitada com bichinhos do mar.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Porta latinhas


Essas caixas são um sucesso, feita em MDF porta latas de isopor. Com isso conservando geladinho os refrigerantes , cervejas, etc. Fazemos de todos os times e outras artes preferidas do cliente. A arte é nossa criação.




Caixa oncinha

Essa caixa é de papelão revestida de tecido com estampa de onça, laço de fita e viés nas bordas.
Muito útil para porta lápis, enfeite de mesa de aniversário e outras utilidades.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Arte com vies e papel

Broche de viês formando mandala


Flor de dobradura de papel. munto simples de fazer em quiser mais informações é so deixar o e-mail que envio mais informações

domingo, 25 de outubro de 2009

PUXA SACO DE GARRAFA PET

Puxa saco de garrafa pet, revestido de tecido com ponto cruz e parte de crochê.
Esse foi feito pela minha vizinha Rita. ficaram lindos e prático.
Amei e é simples de fazer. Poder ser também todo revestido de tecido liso ou estampado.
Outras dicas
São utilizado 02 garrafa pet recorta a parte do fundo das 02 garrafas e encaixar uma na outra. Na parte do gargalho recortar das duas garrafas, sendo uma a da parte de cima para colocar os sacos ou sacolas e a da parte de baixo para retirar os sacos, (o corte não pode ser muito grande nem muito pequeno, pois dificulata o uso. Depois encaixar dentro do saco feito de tecido e bordado em ponto cruz.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Porta tudo


Caixa de leite e tecido, ficou um charme.
Para fazer é muito simples.
Corta a caixa, cola tecido na parte externa.
Depois, faz corte de mais ou menos 2 dedos e nos quatro cantosda caixa dobrar para fora(essa parte lisa). Fazer furinhos nas laterais dobradas e amarrar com uma fita fazendo os laçinhos.

Porta trecos diversos




Porta trecos de rolinho de papel higienico, forrados com: papel, tecido, pintado. A base é de Cd usado e recoberto

domingo, 11 de outubro de 2009

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

feira do aluno empreendedor


2ª FEIRA DO ALUNO EMPREENDEDOR DO CET/SESI/AC. Local de exposição dos alunos empreendedores do CET e funcionario do sitema.

Porta treco de pet

Já fazia esse porta treco de garrafa pet agora navegando na net encontrei esse video com o passo a passo muito bom. Parabéns pelo video

http://www.youtube.com/watch?v=_iUYzHl2Bts

domingo, 27 de setembro de 2009

Porta lápis



Porta treco de rolinho de papel higienico, ficou lindo,

Chaveiros de flor e coração


Chaveiros de feltro em forma decoração e flor, retalho de tecido em forma de flor.

Chaveiro de Feltro e broche de fuxico

Coche de haveiro de feltro, broche de fuxico

Arte em Latas





Arte feita em latas de leite e neston, com tampa em MDF, t. Kits par apresentar na II FEREENDDOR DO CET / SESI/AC
Arte em lata de leite, pintura com tinta brilhante lilás e decoupage, técnica muito bonita, além de contribuir com a presevação do meio ambiente.

Chaveiro de Coração feito com feltro

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

O pulo do Gato

Esse texto recebi por e-mail achei legal e resolvi compartilhar.

O pulo do gato
Autor Fátima Almeida
A senadora Marina Silva seguiu a trilha aberta por Chico Mendes que vai dar nos circuitos ambientalistas internacionais, recebendo vários prêmios e homenagens mundo afora como ocorreu com o Chico Mendes no começo da sua escalada.

Ambos têm em comum a mesma origem. Participaram da fundação do Partido dos Trabalhadores que só chegou ao poder com o lançamento de jovens candidatos oriundos de famílias de alta posição, da classe dos seringalistas e/ou políticos tradicionais. De um lado, o partido utilizou-se das velhas práticas de aquisição de votos, de outro colocou no terceiro escalão as lideranças do movimento social, para efeito de legitimação, nos governos que então se sucederam.

O anúncio da saída de Marina Silva do PT para se candidatar à Presidência da República pelo PV me pareceu um xeque mate no ex-governador Jorge Vianna, pois, como foi bastante propalada, existia a expectativa do mesmo chegar à presidência. Ele seguiu o curso costumeiro ou tradi-cional de ascensão dentro do partido. Mas a Marina Silva deu o pulo do gato.

Todo acreano tem medo de onça, todo acreano sabe que de uma onça ferida ninguém consegue escapar. E Marina Silva disse em entrevista que se sentia como uma onça ferida após os golpes desfechados pelo governo Lula na política ambiental do país culminando com sua demissão do Ministério do Meio Ambiente. Parecia que o Governo tinha se utilizado da Marina Silva para compor a base de legi-timação formada por aqueles que vêm de baixo como o próprio presidente e que depois a teria descartado sem a menor cerimônia e sem nenhum tato. Mas não foi isso que aconteceu.

A passagem de Marina Silva por um Ministério que não opera com vultosas verbas foi uma longa aprendizagem e ao mesmo tempo uma porta escancarada para o mundo sob a égide das organizações não-governamentais, articuladas muito além das fronteiras. O Greenpeace, por exemplo, conseguiu junto aos bancos e países estrangeiros a restrição a financiamentos e comercializações de empresas e produtos que causam danos ambientais no Brasil. As ações e mobilizações da OnG’s têm sido mais eficientes e conseqüentes do que as ações dos partidos e respectivos políticos, perdidos no jogo do poder sem atentar para as grandes transformações que estão ocorrendo no planeta.

Jorge Vianna que mobilizou capitais para as obras de grande ponte tais como pontes, duplicação de avenidas, via verde, estádio, transoceânica entre outras, perdeu, em um só lance no tabuleiro do xadrez, a sua posição de rei. A Rainha simplesmente negou-se a correr de casa em casa, nas horizontais, nas verticais e nas diagonais em função de proteger o Rei. Ela percebeu que o Rei, no tabuleiro do xadrez, tem pouca mobilidade, que os bispos se movimentam somente na diagonal, os militares somente em linhas retas e os peões só se deslocam para morrer mais na frente. E que ela, a Rainha é a única que transita por todas as direções e sem restrições de mobilidade.

Por analogia pressupomos que Jorge Viana restrito ao cenário de obras grandiosas via empreiteiras, tendo o estímulo à construção civil como marca de seu governo e visão de desenvolvimento, parece não ter se dado conta da mudança de paradigma que está acontecendo, quando no mundo inteiro políticos e cientistas estão escrevendo e publicando artigos, dando entrevistas, pressionando governos junto com as mais variadas organizações e imprensa especializada, estando na ordem do dia o aquecimento global e as mudanças climáticas. Sendo essa a principal demanda por uma nova postura de políticos em toda a Terra. Mesmo tendo realizado o zoneamento econômico e ecológico para o Estado, mesmo sendo o Acre o Estado com melhor desempenho relativo entre os da região em termos de proteção ambiental.

A Marina Silva, por sua vez, mesmo sendo do mesmo partido, passou ao largo dessa visão desen-volvimentista, jamais colocando a sua imagem ao lado de empreiteiras. Além disso, ela não pertence às famílias tradicionais, não tem lastro com as elites locais muito menos necessidade de manter as velhas práticas de aparelhamentos. Quaisquer estudiosos em História têm a capacidade de compreender que o Acre construiu seu aparelho de Estado sob a égide da Ditadura Militar seguindo a cultura política do resto do país no sentido de um Estado Patrimonialista que é o conceito que se dá a situação típica de se utilizar os recursos públicos em função de interesses particulares. Como se vê, ainda hoje, ocorrendo no Senado.

Marina Silva que cresceu nesse nicho expandiu a consciência na compreensão de que a questão ambiental é econômica e social e ultrapassa os particularismos locais e regionais. Está apoiada nas ONGs que constituem hoje a ponta de lança nesse processo de mobilização mundial em torno das questões vitais de sobrevivência do planeta. Devem existem equívocos, é claro, mas não estamos falando de santidades e sim de mudanças nas práticas políticas e nos modelos de gestão.

De mais a mais os partidos não constituem mais referência nenhuma para o eleitor brasileiro que está cansado dessa condenação diária de assistir nos noticiários sucessivos escândalos no tocante à malversação de recursos públicos de forma generalizada. A possibilidade de Marina Silva chegar à Presidência da República é real. “Governabilidade” é apenas um meio de se favorecer a corrupção generalizada. O país passou do estágio em que uma redução nos danos ambientais seria satis-fatória, o país precisa mesmo é de freio. Mesmo porque o que causa degradação ambiental, a concentração de capitais nas mãos de poucos a par com a sofreguidão e irres-ponsabilidade para com os recursos naturais, no Brasil é histórica e constitui a indústria da exclusão social que coloca a todos sob risco.

De mais a mais ninguém precisa se preocupar já que governar não tem mistério. Lula provou isso. A diferença é que Marina Silva está preparada para fazer frente às demandas nacionais e mundiais, vitais, muito mais prementes do que os corredores de exportação. E não vai contemporizar. Poderá ser a primeira mulher a chegar à Presidência, só depende de nós.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Amor pela arte de reciclar

Desde muito tempo sou apaixonada pelo artesanato, desde a epoca de colégio que venho fazendoa arte iniciei com o crochê, hoje faço artesanato com varias tecnica. Por ultimo estoou pesquisando e fazendo trabalhos com material reciclados, tais como: latas, garrafa pet. caixa de leite, e principalmente com retalho e tecido de forma geral. Não tenho muito tempo para dedicar-me ao artesanato só faço nas hora de folga, muito prazeroso. Estou disposta a receber e repassar o que sei.
Hoje a reciclagem é uma preocupação com o meio ambiente além de usando a criatividade podemos fazerbelos trabalho e com isso ajudano o planeta.
Reciclar Vidro
O vidro é obtido pela fusão de componentes inorgânicos a altas temperaturas, e resfriamento rápido da massa resultante até um estado rígido, não-cristalino.
O processo de produção do vidro do tipo sodacal utiliza como matérias-primas, basicamente, arreia, barrilha, calcário e feldspato. Um procedimento comum do processo é adicionar-se à mistura das matérias-primas cacos de vidro gerados internamente na fábrica ou adquiridos, reduzindo sensivelmente os custos de produção.
O vidro é um material não-poroso que resiste a temperaturas de até 150°C (vidro comum) sem perda de suas propriedades físicas e químicas. Esse fato faz com que os produtos possam ser reutilizados várias vezes para a mesma finalidade.
A reciclagem de vidro significa enviar ao produtos de embalagens o vidro usado para que este seja reutilizado como matéria-prima para a produção de novas embalagens.
O vidro é 100% reciclável, não ocorrendo perda de material durante o processo de fusão. Para cada tonelada de caco de vidro limpo, obtém-se uma tonelada de vidro novo. Além disso, cerca de 1,2 tonelada de matéria-prima deixa de ser consumida.
Além da redução do consumo de matérias-primas retiradas da natureza, a adição do caco à mistura reduz o tempo de fusão na fabricação do vidro, tendo como conseqüência uma redução significativa no consumo energético de produção. Também proporciona a redução de custos de limpeza urbana e diminuição do volume do lixo em aterros sanitários.
Extraido do Site: http://www.compam.com.br

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Quadrinhos tecnica de decoupage

Lindo kit floral, com découpage e técnica do plástico.

porta jóia e bandeija

Bandeija feita com decoupage e vidro líquido.A caixa com decoupage


Pensamento

Drucker "A tecnologia moderna é capaz de realizar a produção sem emprego. O diabo é que a economia moderna não consegue inventar o consumo sem salário."

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Este porta treco é feito de garrafa pet enfeitado com fita e coração de E.V.A e florzinha de biscuit. Muito útil.

Vidro pintado

Vidro pintado com tinta metalica brilhosa. fica um mimo

Agulheiro feito de garrafa pet retalhos e florzinha de biscuit. muito útil

Pintura em vidro. tecnica de imersão

Estes vidros reciclados são um mimo. Estão enfeitando a minha sala de trabalho. Técnica de imersão com acabamento em pasta metalica. Gostei muito.

Bandeijas feitas de MDF e tábua de vidro de corta carne, legumede .

Estas tabuas são feitas de MDF e aquelas tabuas de vidro temperado, no MDF foi aplicada a tecnica de craquelê. Criação minha. Espero que gostem.

Caixa para cerveja ou refrigerante em lata

Caixa de isopor redondo com seis divisória revestida de MDF e ppintada de acordo com o time da pessoa que encomenda. Por exemplo essa foi para um palmeirense.



porta treco Hello

Porta teco de rolinho de papel higiênico e tecido. Tendo como base papelão.

Grupo de mulheres que fazem arte

Grupo de mulheres que trabalham com arte participando do arraial da escola no Ginasio do SESI.

Espelho customizado





jarro de vidro e tulipa em tecido



Vidro feito com pintura e decoupage,as flores são tulipa de retalhos de chita.Estão lindinhos.